English (United States) Español (España) Português (Portugal)




quarta-feira, 25 de Abril de 2018

 

Luís Pereira, Diretor-geral da Medtronic

refere que ficou patente que a deslocalização do Infarmed foi uma medida puramente política que desagradou à maioria dos parceiros, incluindo recursos humanos da própria instituição. Mas após o levantamento de todos os factores negativos pela Comissão liderada pelo Prof. Henrique Luz Rodrigues, saberemos como vai o governo reagir de forma a levar por diante a sua decisão.


Na sua opinião, todos os stakeholders deveriam esperar que o Governo traçasse o plano para poder negociar, pois terá que haver uma negociação. 

Ver mais...

 

Ficou patente que a deslocalização do Infarmed foi uma medida puramente política que desagradou à maioria dos parceiros, incluindo recursos humanos da própria instituição. Mas após o levantamento de todos os factores negativos pela Comissão liderada pelo Prof. Henrique Luz Rodrigues, saberemos como vai o governo reagir de forma a levar por diante a sua decisão. 

Na minha opinião, todos os stakeholders deveriam esperar que o Governo traçasse o plano para poder negociar, pois terá que haver uma negociação. O governo terá que dar contrapartidas de uma decisão que é apenas política. Noto que as decisões de um governo não têm nem devem ser apenas de gestão. O Governo existe para fazer política e, algumas medidas dessa natureza têm custos que devem ser optimizados.

De resto, todos temos que ter um espírito aberto à mudança. Algo que os portugueses não gostam por natureza. Somos conservadores, gostamos e a nossa aldeia, mas quando saímos de um local é para ir para bem longe, para os EUA, para O Canada, para o Reino Unido... Mudar de Lisboa para o Porto, é muito mais penoso. Creio que o Governo deve oferecer boas condições para quem o quiser fazer. E as empresas deverão ter taxas mais baixas para fazer face aos custos dessa deslocalização. Senão ficamos todos zangados e todos vão ralhar sem razão.

Luís Pereira 2018 Comentário
Infarmed | O que pode e deve ser?
APEGSAUDE



Contactos E-mail. sec@apegsaude.org Tel. +351 936712131

Privacidade  |  Condições de Utilização
Copyright 2010 by APEGSAUDE